ATENÇÃO! 1,2,3 INSPIRA! 1,2,3 EXPIRA!

ATENÇÃO! 1,2,3 INSPIRA! 1,2,3 EXPIRA!

Você já prestou atenção na sua respiração hoje? E em como se sentiu ou reagiu em alguns momentos do seu dia? Pensando sobre isso, você já ouviu falar sobre mindfulness? Sabe o que é?

Também chamada de atenção plena, a técnica mindfulness é conhecida por ser um treinamento para controle de emoções, reações, além de ajudar a exercitar a calma, a empatia, favorecer o autoconhecimento e mais: ensina a prestar atenção em você, no momento presente. Mas sabe o melhor de tudo? Essas vantagens não se limitam apenas ao universo adulto.

Isso mesmo, crianças também podem treinar sua atenção para vivenciar o momento presente e aprender a perceber suas emoções, sensações e pensamentos, e assim não reagir de modo automático em determinadas situações. O que virá a favorecer bastante no desenvolvimento dos pequenos, pois saberão melhor como gerenciar as suas emoções negativas, entender sua raiva ou tristeza, para lidar com elas adequadamente.
Além desses benefícios, ainda há os que ocorrem no contexto escolar! Isso mesmo! Com o tempo haverá a melhora nas habilidades sociais, na maneira de se relacionar com os outros, por exemplo, evitando situações de agressividade, brigas e discussões na sala de aula. E a capacidade de focar a atenção em determinados estímulos aumentará a concentração de forma a contribuir na aprendizagem.

Países como o Reino Unido, Canadá, Holanda, Estados Unidos e Austrália já reconheceram o mindfulness como uma prática na educação. Esses países têm como objetivo incluir a prática em todos os planos escolares até 2020. No momento, está sendo introduzido progressivamente nas escolas infantis: a intenção é aproveitar a idade em que o cérebro da criança é muito mais receptivo a essas práticas.

Algumas atividades bem simples podem ser feitas para que a criança vá aprendendo aos poucos ter maior consciência e atenção. Pequenos jogos durante o trajeto até a escola podem ser feitos como por exemplo, contar o número de placas vermelhas, ou a quantidade de árvores. Pode parecer algo simples, mas que fará a criança prestar atenção no momento presente. É importante que os adultos experimentem os benefícios e tomem consciência de que, na maior parte do tempo, vivemos no piloto automático. Estamos fazendo algo, mas a mente está em outro lugar.

Para as crianças, o ideal não é apenas pedir que inspirem e expirem com calma, é necessário algo mais. A prática mindfulness está crescendo cada vez mais, e como vocês sabem, criança aprende rápido e aos poucos já vai utilizar as técnicas sozinha!

*Fonte da imagem: FreePik

Sobre o autor

Alessandra Manéa da Silva